Chat no mensseger

23 de mar de 2011

Sporting (POR) rebate suposto doping de Liedson

Ex-treinador da seleção de Portugal, Carlos Queiroz, suspeita que atacante corintiano tenha testado positivo em exame antidoping realizado em janeiro de 2010; Sporting defende atleta
Recentemente com a suspensão junto à Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) revogada pelo Tribunal Arbitral do Esporte, o TAS, o ex-técnico da seleção portuguesa Carlos Queiroz levantou suspeitas, nesta quarta-feira, sobre um exame antidoping do atacante do Corinthians, Liedson, que foi supostamente 'encoberto' por um médico do Sporting de Lisboa, onde o corintiano atuou:

- Talvez seja melhor agora o doutor José Gomes Pereira (diretor-clínico do Sporting) dizer exatamente o que se passou nos testes de antidoping de Liedson na seleção portuguesa. Perguntem a ele o que aconteceu - afirmou Queiroz, em tom de denúncia.

Na época do exame, em janeiro de 2010, o Sporting de Lisboa relatou que o centroavante teve de passar pelo antidoping e que o exame teve que ser reanalisado, passando por "estudos complementares", o que é considerado normal.

Tão logo recebeu as declarações do treinador, o clube lisboeta apressou-se em apresentar uma nota oficial defendendo o atacante corintiano das acusações do antigo treinador da seleção nacional. A nota diz:

"O Sporting pretende esclarecer os seus sócios, torcedores e a opinião pública em geral de que está absolutamente tranquilo quanto às declarações feitas por Carlos Queiroz a propósito de Liedson e quer deixar bem claro apenas o seguinte: a direção clínica possui documentação oficial, emitida pela ADoP (Autoridade Antidopagem de Portugal), que prova e atesta a normalidade e adequação ao regulamento de todos os procedimentos anti-dopagem efetuados."

Queiroz, que comandou Liedson na última Copa do Mundo, realizada na África do Sul, deixou a seleção portuguesa em setembro de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário