Chat no mensseger

11 de jan de 2012

Timão confirma eleições para presidente para 11 de fevereiro

O grupo de situação obteve mais uma vitória nos bastidores do Corinthians. Nesta terça-feira, o presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Senger, confirmou que as eleições para presidente serão realizadas no dia 11 de fevereiro, das 9h às 17h, como queria Andrés Sanches e seus aliados.
No último sábado, em assembleia geral no Parque São Jorge, a oposição pressionou bastante para que o pleito fosse marcado para o dia 12, data do clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Os líderes entendiam que a partida poderia diminuir a presença dos associados na eleição, tirando forças da situação.
O delegado Mário Gobbi Filho, ex-diretor de futebol e braço direito de Andrés Sanches nos últimos quatro anos, é o favorito. Caso vença, manterá boa parte dos atuais dirigentes do clube, principalmente do departamento de futebol, com Roberto de Andrade (presidente em exercício) e Duílio Monteiro Alves (diretor adjunto de futebol).
O candidato da oposição é o empresário Paulo Garcia, derrotado por Sanches nas últimas eleições. Ele tem como vice o também empresário Osmar Stábile, outro que perdeu a disputa nas urnas de 2009. Nos bastidores, o grupo aparece como azarão.
Os associados votarão também para a montagem do Conselho Deliberativo. São duas chapas com 200 integrantes cada. Esta, aliás, foi mais uma vitória da situação. Anteriormente, os conselheiros seriam escolhidos um a um, o que demandaria um longo tempo de votação.

Assim menos mal,melhor assim,talvés melhor dizendo,eleição em dia de clássico não valeria a pena e poderia causar um enorme desconforto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário