Chat no mensseger

1 de mar de 2011

Com urgência, Tite espera por reforços até quinta

A expectativa da comissão técnica corintiana pela chegada de reforços aumenta a cada dia. Nesta quinta-feira, às 18h, se encerra o prazo de inscrições de jogadores para a disputa do Paulistão. Com pressa para as definições, o técnico Tite tem pressa pela chegada de contratados.

Os reforços do Timão chegam antes no seu celular!

- Quinta-feira se encerram as inscrições para o Paulistão. Estamos com três zagueiros disponíveis e dois deles canhotos. Difícil fazer uma dupla com dois de pé esquerdo, há a necessidade de se buscar um jogador - afirmou o técnico Tite, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, na manhã desta terça-feira, se referindo a Diego Sacoman e Leandro Castán, canhotos, que estão à disposição neste momento para formar dupla com Wallace, destro. No elenco, o Timão ainda conta com Chicão e Paulo André, ambos destros, mas que ainda se recuperam de lesões.

Questionado sobre o interesse em Bolívar, do Internacional, o técnico preferiu não comentar quanto à possibilidade da contratação.

- É difícil, para mim, falar sobre nomes. Se eu falar sobre um jogador aqui, ele se valoriza, é complicado. Foi jogador comigo, foi meu capitão no Internacional, mas eu não posso ficar falando sobre possibilidades.

ORA BOLAS: Nem o futebol português salvou Lulinha

O destaque de Tite para a necessidade por um defensor se explica pela chegada do volante Willian Magrão, que deve ser confirmada nos próximos dias. O Corinthians tem acerto com o jogador, e trabalha agora pelos últimos detalhes da negociação com o Grêmio.

Sobre a contratação do volante, assim como outros possíveis reforços, o técnico se esquivou e deixou as questões para o ex-zagueiro William Machado, hoje gerente de futebol do clube. O dirigente confirmou o interesse e a pressa para fechar o negócio, mas afirmou que o Timão ainda tem pendências para resolver.

- Temos de acertar ainda a forma de pagamento, valor que o Grêmio exige, garantias de pagamento, coisas burocráticas que acontecem na negociação. Clube pede uma coisa, a gente oferece outra, isso vai se arrastando. A gente não pode fazer nada atropelado, temos uma programação financeira, dentro da realidade do Corinthians. Temos a conversa com o Grêmio e sabemos que o jogador quer vir - comentou o William, gerente de futebol corintiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário